1 prova-Fisiologia Mário Flashcards by Cézar Vicentim (2024)

1

Q

Quais são as quatro propriedades básicas do miocárdio ?

A

Excitabilidade, contratibilidade, condutibilidade e automatismo (próprio do coração, capacidade de gerar o próprio impulso)

2

Q

Porque o coração consegue gerar tanta pressão sem romper?

A

Pois as células cardíacas possuem uma forte adesão, em razão, principalmente, de desmossomos (como também junções comunicantes tem importância da velocidade de transmissão do impulso)

3

Q

Se eu não tiver o nó átrio ventricular funcionando, o coração continua contraindo? Por que?

A

Sim, em razão de células autoexcitaveis, contudo você tem um paciente com uma frequência menor, já que essas células estão muito polarizadas (muito negativas) o que dificulta a despolarização pelo alto limiar.

4

Q

Quando os ventrículos se contraem, por que as válvulas não entram nos átrios e propriciam o fluxo retrógrado do sangue?

A

Devido aos músculos papilares e cordas tendineas

5

Q

Por que a panturrilha é considerada um 3 coração ?

A

A musculatura estriada esquelética empurra o sangue dos vasos da perna para os grandes vasos.

6

Q

O lado direito e esquerdo do coração recebem e destinam o sangue para onde ?

A

O lado direito do coração recebe sangue a partir dos tecidos e o envia para os pulmões, onde será oxigenado. O lado esquerdo do coração recebe o sangue recém-oxigenado dos pulmões e o bombeia para os tecidos de todo o corpo.

7

Q

Qual o vaso que recebe maior e menor pressão na circulação sistêmica respectivamente?

A

Aorta e veias cavas

8

Q

Quais são os dois tipos de valvas e o de estão presentes?

A

Valvas atrioventriculares, localizadas entre os átrios e os ventrículos, e as válvulas semilunares (assim denominadas por sua forma parecida com uma lua crescente), localizadas entre os ventrículos e as artérias (aorta e pulmonar)

9

Q

Quais são o fatores que aumentam a força de contração no músculo cardíaco ?

A

A quantidade de Ca2+ (quanto mais Ca2+ ligado a troponina, maior as ligações cruzadas entre miosina e actina). É o comprimento do sarcômero.

10

Q

O que é débito cardíaco?

A

Uma forma de medir o volume de sangue ejetado pelo ventrículo esquerdo em determinado período de tempo.

11

Q

O que divide o lado esquerdo e direito do coração?

A

O septo interventricular

12

Q

Quais as respectivas estruturas que transferem força de célula a célula e permitem a transmissão de sinais elétricos entre elas?

A

Desmossomos e junções comunicantes

13

Q

No músculo esquelético, a excitação - contração se inicia pela ação da acetilcolina. Contudo, no músculo cardíaco quem são os responsáveis por originar o potencial de ação e levar para as células contráteis?

A

As células marca-passo

14

Q

Qual a principal diferença entre o potencial de ação das células miocárdicas contrateis e as fibras musculares esqueléticas/neurônios?

A

Pois as cardíacas possuem um maior potencial de ação

15

Q

Como é previnida a contração sustentada (chamada de Tétano) nas células do miocárdio? E qual o motivo desse impedimento?

A

O período refratário e a contração terminam simultaneamente, assim, quando houver outro impulso, a célula estará completamente relaxada, dando tempo de encher o ventriculo de sangue. No intuito de impedir a somação de contrações e garantir o relaxamento importante.

16

Q

O que é período refratário?

A

Período após um potencial de ação durante o qual um estimulo normal não desencadeará um segundo potencial de ação

17

Q

Quais são as 4 fases do potencial de ação das células cardíacas contráteis?

A

Fase 4 (pot em repouso - 90mV)/ fase 0 ( Despolarização. entrada de Na+, leva o pot a +20mV)/ fase 1 ( Repolarização. Fecham os canais de Na+ e sai K+) / fase 2 platô ( achatamento do pot de ação - menos saida de K+ e entrada de Ca2+ que aumenta o pot) / fase 3 (despolarização - fecha a entrada de Ca2+ e sai K+)

18

Q

De maneira geral, qual o principal responsável pelo prolongamento do potencial de ação?

A

O influxo de Ca2+

19

Q

Quais vasos nutrem e drenam o coração ? De onde partem e para onde vão ?

A

Artérias e veias coronárias. Partem do átrio esquerdo e desembocam no átrio direito (nos seios coronários)

20

Q

Na geração de impulso, o sinal elétrico começa no nó sinosal e é propagado por meio de que?

A

Através das junções comunicantes

21

Q

Por que é necessário direcionar os sinais elétricos através do nó AV e não ocorrem diretamente do átrio para o ventrículo?

A

Pois dessa maneira, a contração de ambos não ocorrendo concomitantemente, é possível que o sangue saia da câmara ventricular para cima e não fique retido caso ambos se contraíssem

22

Q

Quanto a geração de impulso nas células autoexcitáveis, como se dá o caminho?

A

Nó sinusal - nó atrioventricular (pelas vias internodais) - feixe de his - ramos (direito e esquerdo) - fibras de purkinje

23

Q

Sabendo que as células marca passo mais rápidas determinam a função cardíaca, sendo essas a do nó SA. Portanto, quando esse guia determinante de frequência do átrio para o ventrículo é danificado, o que ocorre?

A

Ocorre que o ventrículo não passa a bombear com uma frequência determinada pelo nó SA, que seria maior, por vezes, essa frequência, agora menor, é insuficiente, sendo preciso instalar um marca passo mecânico.

24

Q

Qual a importância do ph no coração?

A

A abertura do poro para realizar a sinapse depende do ph. Quando ácido, isso é danificado.

25

Q

O ECG é a mesma coisa que um potencial de ação? Por que?

A

Não, um potencial de ação é um evento elétrico em uma única célula. o ECG é um registro extracelular que representa a soma de múltiplos potenciais de ação (soma da atv elétrica de todas as células do coração registrada na superfície corporal)

26

Q

Quais os dois componentes principais do ECG?

A

As ondas (subidas e descidas da linha da base) e segmentos ( partes da linha da base entre duas ondas)

27

Q

O que indica a deflexão no traçado do ECG?

A

Trata-se da relação entre a direção do vetor fluxo de corrente e o eixo de derivação (com relação ao triângulo)

28

Q

O que ocorre quando há uma elevação da pressão arterial devido à ação de barroreceptores sobre diferente hormônios?

A

Inibição simpática, queda de catecolaminas, renina, vasopressina, ocitocina e peptídeo natriurétrico atrial

29

Q

Quais os efeitos da angiotensina?

A

Vasoconstrição, catecolaminas e tônus simpático, sede, vasopressina, deixa a pressão subir muito para liberar o reflexo de barroreceptores.

30

Q

Quem libera a vasopressina? Quando é liberada ?

A

Núcleo paraventricular e supraoptico. Quando o volume de sangue está muito baixo ou a osmolaridade muito baixa.

31

Q

O que o peptídeo ANP faz na volemia ?

A

Diminui por estimular a diurese

32

Q

Por que nós temos um desbalanço natural que dá tendência à hipertensão?

A

Pois só temos dois fatores vasodilatadores (ANP e ocitocina) versus vários vasoconstritores

33

Q

Quais as três grandes vias do controle de pressão ?

A

Neural, endocrina e renal

34

Q

O que posso encontrar na matriz intersticial ?

A

Colágeno, proteoglicanos e proteínas

35

Q

O que faz o capilar linfático ?

A

Um ajuste fino, tendo em vista que boa parte da água sai e não retorna.

36

Q

Quais as causas de edema?

A

Cardiogênica ( a bomba cardíaca não funcionado, bombeia mais do que refiltra), problema no sistema linfático, problema inflamatório (alteração na permeabilidade da membra), alteração de proteínas

37

Q

Como se carateriza histologicamente o músculo estriado cardíaco?

A

Fibras com estriações, um núcleo no centro e presença de discos intercalares

38

Q

Quais são as três propriedades do miocárdio?

A

Excitabilidade (quando estimulado, propriedade de reagir- potencial de ação e contração)/ Contratibilidade (´propriedade de se contrair)/ Condutibilidade (Capacidade de transmitir um estímulo gerado em uma parte do coração para o resto do miocárdio).

39

Q

Do que se trata o prolapso? E o que evita isso?

A

Quando as valvas AV são empurradas para dentro dos átrios quando os ventrículos se contraem. A presença dos músculos papilares e cordas tendíneas, que seguram as valvas e impedem o fluxo retrógrado do sangue.

40

Q

Podemos separar as células musculares do coração em dois grupos funcionais, que são?

A

Um grupo que apenas transmite o impulso elétrico e outro grupo que gera despolarização espontânea (sistema de condução elétrico do coração), os quais são responsáveis pela produção do ritmo cardíaco.

41

Q

Do que se trata o automatismo elétrico característico de algumas células do coração?

A

Diz respeito a capacidade de o coração gerar seus próprios estímulos elétricos

42

Q

Por que o coração é considerado um sincício?

A

Pois possui fibras que componentes que funcionam de maneira uniforme e regulada.

43

Q

Quais os dois sincícios do coração?

A

Sincício atrial e ventricular

44

Q

Quando o impulso é criado no nodo sinoatrial (localizado no átrio direito), normalmente, ele não é passado diretamente para o sincício ventricular. Por quê?

A

Pois existe um tecido fibroso que divide átrios e ventrículos que é isolante realizando um atraso na transmissão do impulso e haja um atraso na contração ventrículo com relação ao átrio.

45

Q

Qual a função do cálcio no coração?

A

Sua maior importância está na contração. O cálcio se liga à actina e libera sua conexão com a miosina realizando a contração. A capacidade de manejar o cálcio diz a força que o músculo cardíaco pode aplicar.

46

Q

Qual a função do retículo sarcoplasmático no cardiomiócito?

A

O retículo sarcoplasmático do cardiomiócito tem a capacidade de liberar cálcio para o citoplasma e também apanhar o cálcio do citoplasma muito rapidamente.

47

Q

Quais são os canais presentes no músculo cardíaco responsáveis pela despolarização ?

A

Canais RÁPIDOS de sódio e canais LENTOS de sódio (por manterem mais tempo abertos à entrada de cátions prolonga a despolarização e promove o potencial platô)

48

Q

O platô, em resumo, é responsável por?

A

  • Aumentar a duração do tempo da contração muscular de 3 a 15 vezes mais do que no músculo esquelético.
  • Permitir que os átrios se contraiam antes da contração dos ventrículos.
  • Manter uma assincronia entre a sístole atrial e a sístole ventricular

49

Q

Como age uma inejção letal?

A

Inativação de canais de sódio dependentes de voltagem, interferindo na depolarização

50

Q

Aonde ocorre os potenciais de ação do tipo rápido e do tipo lento respectivamente?

A

Do tipo rápido, nos cardiomiócitos contráteis e do tipo lento, nos cardiomiócitos envolvidos com o sistema de condução.

51

Q

como se dá o potencial de ação do tipo lento?

A

Fase 1: pot marcapasso gradualmente, influxo de sódio despolariza + influxo de cálcio (canal do tipo T)/ fase 2: atinge o limiar- canais de cálcio do tipo L (geram pot mais entos que o de sódio, aumentando o período refratário) permite mais despolarização até o pico do potencial de ação/ fase 3: efluxo de potássio e repolarização

52

Q

Potencial de marcapasso é uma despolarização lenta espontânea que antecede a despolarização rápida, a qual gera os batimentos cardíacos. O ângulo do potencial de marcapasso é capaz de ser modificado, quanto mais inclinado for, mais rápido vai ser a despolarização. Quem interfere nisso?

A

É o sistema simpático e parassimpático (simpático diminui o ângulo).

53

Q

O que promove um período refratário longo?

A

inativação prolongada dos canais de sódio, impedindo seu influxo.

54

Q

Como se dá o período refratário no músculo estriado cardíaco e no esquelético?

A

Músculo cardíaco- período refratário curto causa somação temporal de potencial de ação no MEE, gerando aumento de força. Esquelético- o período refratário grande garante a formação dos ciclos cardíacos completos.

55

Q

O que promove o lento aumento do potencial de membrana, processo que constitui um ciclo indutor da autoexcitação do SA?

A

No líquido extracelular há alta concentração de íons sódio, que além de passarem pelos canais abertos, tendem a vazar para o interior das células das fibras. Assim, após um PA, o influxo de sódio (positivamente carregado) provoca gradual aumento do potencial de membrana de repouso, até que ele alcança o limiar e há disparo de um novo PA.

56

Q

Do que se trata o gargalo de condução ?

A

De um atraso promovido pelo nó AV, na condução da despolarização para os ventrículos, isso faz com que haja uma diferença necessária entre o tempo de contração do átrio e do ventrículo. (Do nó vai p o feixe de His, o qual conduz o sinal e gera um atraso na condução, pois apesar de trabalhar nesse transporte, são fibras lentas, o que permite a diferença na contração de átrios e ventrículos, promovendo o ciclo cardíaco).

57

Q

Sabe-se que o Nó sinoatrial é o que gera impulsos com frequências cardíacas maiores, sendo o marcapasso cardíaco, em caso de infarto, quem assume essa função? Como é a frequência?

A

O nó AV, com uma frequência bem menor, uma vez que possui menor potencial de ação (entendo como módulo ) que exige mais tempo para se ter uma despolarização, ou seja, menor a frequência.

58

Q

Qual a interferência do ph na frequência cardíaca ?

A

Com pH baixo, as junções diminuem a luz e capacidade de comunicação entre as células). Esse processo é muito comum em hipóxia da parede cardíaca, que anaerobiose, reduz o pé e consequentemente a capacidade de contração rítmica.

59

Q

Qual a importância do tubulo T para o músculo cardíaco?

A

Em músculos esqueléticos, o cálcio usado para a contração é proveniente do retículo sarcoplasmático, no músculo cardíaco parte desse cálcio é proveniente dos próprios túbulos T (projeções da membrana da célula muscular cuja luz contém líquido extracelular). Sem esse cálcio adicional dos túbulos T, a força de contração miocárdica ficaria consideravelmente reduzida, pois o retículo sarcoplasmático do MEC não é tão desenvolvido quanto o do músculo estriado esquelético, e não armazena cálcio suficiente para produzir a contração completa.

60

Q

O hipertenso, com pós carga aumentada, tende a hipertrofiar o coração, chegando a um ponto de falência. Por que?

A

Pois o O VE fica insuficiente e causa um efeito em cascata, não consegue distribuir todo o sangue, ocorre acúmulo de sangue no AE, que não consegue drenar o sangue pulmonar (edema pulmonar).

61

Q

Para a Auto regulação do fluxo sanguíneo em situação de pressão arterial anormal, o que diz a teoria metabólica e a miogênica?

A

Teoria metabólica:
Se a PA sofre aumento 􏰀 aumento muito grande do fluxo iria gerar excesso de O2 e nutrientes, causando constrição vascular apesar do aumento da PA. (Faltando esse aporte, a pressão diminui)
⦿ Teoria miogênica:
Se a PA sofre aumento 􏰀 estiramento brusco da parede vascular 􏰀
contração reativa (canais mecanicamente excitados). Importante para o ato de levantar, por exemplo.

62

Q

Existem mecanismos básicos pelos quais as substâncias se movem entre o líquido intersticial e o plasma, que são?

A

a difusão (moléculas hidrofílicas atravessam as fenestrações e canais hidrofílicos), transporte por vesículas (endocitose e exocitose) e fluxo de massa (pressão hidrostática - aumento de volemia e pressão oncótica- osmolaridade)

63

Q

Com relação a pressão hidrostática, vasodilatação e vasoconstrição fazem oq?

A

A vasodilatação aumenta a pressão hidrostática (aumenta filtração) e a vasoconstrição reduz (aumenta absorção)​.

64

Q

Do que se trata a pressão hidrostática e a oncotica, no que diz respeito ao processo de filtração e reabsorção?

A

Pressão hidrostática do capilar (que estimula a filtração, ou seja, extravasamento de líquido do capilar para o espaço intersticial) e da pressão coloidosmótica do espaço intersticial (pressão que as proteínas plasmáticas fazem estimulando a absorção sanguínea do espaço intersticial para o capilar sanguíneo).

65

Q

Como se dá o caminho da água nos leitos capilares ?

A

No início, o sangue chega pressurizado (alta pressão), ocorre filtração, chega a um ponto de equilíbrio, depois, as proteínas presentes no sangue puxam de volta à água.

66

Q

Em caso de desidratação, o que ocorre com a microcirculação?

A

Ocorre uma redução na pressão hidrostática capilar. E Elevação relativa na pressão osmótica. E o interstício diminui.

67

Q

Quais as três principais funções do sistema linfático?

A

  • transporte de liquido intersticial ao sangue
  • transporte de gordura absorvida do intestino ao sangue
  • defesa contra agentes de doença (nódulos linfáticos)

68

Q

Quais são os mecanismos fisiológicos ativados na tentativa de reduzir a pressão arterial?

A

  • atividade parassimpática (reflexo baroreceptor-contato com os centros bulbares).
  • vasodilatadores (óxido nítrico e prostaglandinas)
  • hormônios: ocitocina (induz a vasodilatação e a produção de peptídeo natriuretico).
  • PnA (natriurese- redução da volemia)
1 prova-Fisiologia Mário Flashcards by Cézar Vicentim (2024)

References

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Fredrick Kertzmann

Last Updated:

Views: 5470

Rating: 4.6 / 5 (66 voted)

Reviews: 81% of readers found this page helpful

Author information

Name: Fredrick Kertzmann

Birthday: 2000-04-29

Address: Apt. 203 613 Huels Gateway, Ralphtown, LA 40204

Phone: +2135150832870

Job: Regional Design Producer

Hobby: Nordic skating, Lacemaking, Mountain biking, Rowing, Gardening, Water sports, role-playing games

Introduction: My name is Fredrick Kertzmann, I am a gleaming, encouraging, inexpensive, thankful, tender, quaint, precious person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.